Primeiras Impressões: A Playlist de Hayden - Michelle Falkoff

by - 15:36

Adeus Hiatus! Olá pessoas!

Nessa última semana recebi uma prévia com os primeiros oito capítulos do livro A Playlist de Hayden, da editora Novo Conceito (<3), para ler e postar o que achei, minhas primeiras impressões sobre, então borá lá:

O livro conta a história de Sam, um garoto magricelo e alto, que encontra Hayden, seu melhor amigo, totalmente seu oposto, morto. Ao lado, uma garrafa de vodca e um frasco de remédio vazios. Hayden deixa para Sam um pen drive e um recado em uma folha:

Para Sam. Ouça. Você vai entender.



E assim dá-se início ao primeiro capítulo.
Sam, sem saber se sente culpa, raiva de si ou de Hayden por ter o deixado sozinho, escuta várias e várias vezes as músicas - em maioria, depressivas, algumas conhecidas e outras não, o que o deixa surpreso por não ter conhecimento de alguns dos gostos de seu melhor amigo - sem entender o objetivo daquela playlist.
Hayden era o típico garoto obediente, cursava o ensino médio, e nunca argumentava ou discutia com alguém, sempre tentava manter a paz. Mas sofria bullying, o que nos faz perguntar se esse foi o motivo para ter feito o que fez.

Sam sabia do bullying, de seus problemas com a família e suas, não tão boas, notas na escola, mas não imaginava que Hayden chegaria a tal ponto. Conforme os dias passam, Sam tenta retomar sua rotina, assim como voltar a jogar Mage Warfare, um RPG que Hayden jogava, e, em uma dessas partidas, o login de Hayden inicia uma conversa com Sam. Algo para descobrir: quem é a pessoa usando o login de Hayden?
Como a conversa é tão parecida com a que tinha com seu amigo, Sam especula ser uma brincadeira de mau gosto.

As músicas contidas no pen drive são de variados gostos, desde One da banda Metallica até Pumped Up Kicks da Foster The People e conforme os capítulos passam, a necessidade de ouvir cada uma enquanto eu lia era imensa.
O livro mexeu com meu emocional e tenho certeza que irá fazer o mesmo com muitos leitores, pois é algo que nunca imaginamos acontecer com alguém próximo, conhecido, alguém que amamos, e isso vem com um sentimento de culpa e tristeza.

Realmente me prendeu e me senti angustiada por Hayden, o que as pessoas em sua volta poderiam ter feito para ajudá-lo mas não fizeram. E qual será o próximo passo de Sam para descobrir um meio de decifrar a playlist. A história é tocante e me fez querer saber o que aconteceu depois do oitavo capítulo: o que acontece com Sam, quem está usando o login de Hayden e o porquê das músicas escolhidas.

O livro tem um toque geek e músicas muito interessantes, a história é impactante e a surpresa vem quando cada capítulo se encaixa perfeitamente com cada música.


A prévia me deixou querendo mais, o lançamento oficial é dia 6 de abril, gente, vocês precisam voar pras livrarias. Estou mega ansiosa e sinto que ele vai entrar para a lista dos meus favoritos.



Obrigada pela visita e me sigam no instagram e twitter: @quaseoutono :)


veja também:

0 comentários

Hey, seja muito bem-vindo(a)! Fique à vontade para comentar e obrigada pela visita.
Abraços!!
@quaseoutono