18 anos e quase 12 meses.

by - 10:00


Há vários meses atrás, eu estava fazendo tantos e tantos planos, metas e sonhos sobre o que eu queria fazer quando chegasse a essa tal idade e o que eu esperava dela.

Enfim, aos dezoito...
Os 18 anos é sempre muito esperado, assim como os 15 para algumas mães de adolescentes, com a desculpa de que "só fazemos quinze anos uma vez na vida"...
Eu só fiz 16 uma vez na vida, 17 uma vez na vida e 18 uma vez na vida.

Quando ele chegou, descobri que não era nada daquilo que eu esperava ou planejava, não quis festejar porque, na verdade, eu não queria crescer. Porque crescer envolve tanta responsabilidade, e não é colocar o despertador para tocar só para não perder o desenho favorito das manhãs. E, além de tudo, temos que ser corajosos o suficiente para encarar a vida. E sabemos que a vida é aquela vadia que rouba teu namorado dias antes de completarem um ano juntos.


A vida as vezes é um saco e as responsabilidades e pessoas que temos que aturar, as vezes (só a vezes) nos faz jogar as mãos para o alto e soltar um belo "dane-se" ou qualquer outra palavra que transmita o que está sentindo, você escolhe.


As metas e planos que fiz ainda estão de pé. Os dezoito anos não é uma porcaria de varinha mágica, que em certa idade faz tudo se realizar, infelizmente não é, infelizmente.


Eu ainda tenho sonhos, claro que tenho, "você está começando a viver agora" como meu avô sempre me lembra, mas eles não são os mesmos.


Percebi e aprendi que não devo esperar algo em um ano, mas tenho que esperar algo de mim mesma, ir e fazer. Os planos e metas sou eu que faço, sou eu que escolho.


Quando olho em volta, talvez nada tenha mudado mas eu sei que eu mudei, minhas ideias e gostos mudaram. Eu amadureci e cresci e não tem um lembrete de quando você irá mudar.

As mudanças... elas acontecem sem nenhum aviso.
E querendo ou não, as expectativas de uma certa idade sempre irão existir, seja aos quinze, trinta ou oitenta anos, quem sabe? 

Eu sei que faço planos, metas e espero muita coisa dos meu vinte e um...

veja também:

0 comentários

Hey, seja muito bem-vindo(a)! Fique à vontade para comentar e obrigada pela visita.
Abraços!!
@quaseoutono