Projeto Literário: 5ª semana

por - 27.5.15

Hey gente! A quinta semana do projeto literário deste mês é sobre dois temas: manias e hábitos e gênero favorito.
Devo dizer que minhas manias são totalmente involuntárias, não é que eu queira ler sempre a última página do livro antes de começar a ler, mas isso acontece.
Quando faço parece que me vem uma vontade maior de ler o livro para saber o porquê de tal final. Como se fosse um empurrão para o ler. Parece loucura mas funciona para mim, as vezes bem mais do que spoilers sinopses para saber o enredo da história.
Outra mania é sempre terminar um capítulo antes de fazer qualquer outra coisa.
"Agatha vem lavar a louça!" "Espera eu terminar esse capítulo." Bem isso. E não importa se o capítulo tem 10 ou 20 páginas. Se paro antes do final de algum capítulo, eu sinto que tenho que o ler novamente.
A última é hiper esquisita, tipo, eu termino uma página e a viro daí volto para me certificar que é a página certa. Sempre olho o número da página -38, 39 ok, de novo, 38, 39- e isso começou depois que pulei umas duas páginas porque as folhas eram bem grudadas e só dei conta depois. Triste, não é?
Hábitos eu tenho poucos, como precisar de silêncio para ler e ter uma posição para que nenhuma parte do meu corpo fique doendo, ler mais a noite do que de manhã e esquecer de dormir para descobrir o que tal personagem esconde são coisas frequentes.

Falar sobre meus gênero favorito é difícil pois sempre estou lendo um novo. Antes eu me distanciava de biografias mas tenho algumas na minha lista. Não é que eu queira saber a comida preferida de tal ator, mas seu ponto de vista sobre a vida e pessoas e mundo.
Suspense é meu amorzinho, gosto de romances com pouco teor de açúcar e corro de autoajuda. Sim, como gato corre da água.
Mas Agatha, por quê?
Eu tenho uma boa explicação: meus problemas não são iguais aos de ninguém. É como se eles quisessem adivinhar e resolver ou dar uma resposta para um problema que, para mim, possa não ter tanta importância, os assuntos são de uma perspectiva -um pouco- egocêntrica, definir valores, estabelecer metas, são coisas bem previsíveis.
Distopia é algo que não estou acostumada a ler, depende muito da sinopse, sobre o que se trata e se me interessa. Um exemplo é eu não ter nenhuma vontade em ler Jogos Vorazes mas querer ler Maze Runner, vê? Depende muito do humor, autor, história... 
Bem, livros que me façam dar boas risadas, acompanhados de finais felizes (ou não, porque gosto de sofrer), fazem o meu dia!



posts relacionados

0 comentários

Hey, seja muito bem-vindo(a)! Fique à vontade para comentar e obrigada pela visita.
Abraços!!
@quaseoutono