#642Coisas 11

by - 16:00


Escreva uma carta de amor para quem já se foi.

“20, abril, 2010.

Eu soube a pouco tempo.
Estava sentada no chão da sala quando ela me ligou. Olhava algumas fotos antigas, e por incrível que possa parecer, eram nossas fotos juntos, aquelas que disse que havia jogado fora. Você sorria em todas elas. Um sorriso perfeito.
Não sei porque justo ela havia me ligado.
Por incrível que possa parecer para você, eu não chorei. Eu costumava chorar por qualquer coisa. Mas não chorei. Você não gostava de choros. Já fazia tanto tempo desde o nosso término, sete anos. Sete anos que eu estava sem notícias suas. Pergunto-me mentalmente se não fosse pelas fotografias espalhadas pelo chão, eu me lembraria de você....
Claro que me lembraria, você é onipresente.
Sua voz rouca e sempre baixa, ficava tão calma quando estava bravo. Seus cabelos que, ao contrário dos pedidos dos nossos amigos, você nunca cortava.
Seus olhos castanhos... você era tão comum e tão diferente ao mesmo tempo. Único seria a palavra certa. Único.
Eu te amava, diria que ainda te amo.
Quando sua esposa ligou me dizendo que você havia partido, eu senti um vazio imenso. Fiquei triste por saber que já faziam anos. Cinco anos.
Sinto como se houvesse te perdido, até lembrar que já não era mais meu para perdê-lo.
Sinto sua falta. São oito da noite. Tenho que buscar Clara na casa de minha mãe.
Ela tem cabelo longo e escuro, igual ao seu. Olhos castanhos e pele branca. Ela tem sete anos.”

--
Criei toda uma história na cabeça e soltei no papel, ou melhor, no word: mulher que se viu divorciada, ainda amando o cara que pisou na bola, que casou com outra, não soube da filha, e por aí vai.
E aí, gostaram?

veja também:

2 comentários

Hey, seja muito bem-vindo(a)! Fique à vontade para comentar e obrigada pela visita.
Abraços!!
@quaseoutono