Born and Raised - John Mayer

por - 17.8.15


Hey pessoas! Born and Raised é a música que leva o nome do álbum do cantor e compositor John Mayer.
Born and Raised, para mim, é um dos melhores álbuns pra vida, porque além de ser sincero e verdadeiro, é comovente, você consegue sentir dor e alegria de cada letra contida no álbum. 
Born and Raised é uma música que diz sobre como crescer sozinho é perda de tempo e sobre ter tempo para fazer mais coisas e como o ele passa rápido e num piscar de olhos você já cresceu e se pergunta o que aconteceu na sua vida, o que fez com ela, pra onde deve ir. 
E como amo essa música, não poderia deixar faltar por aqui um texto inspirado nela ❤


Quando os dias passam tão rápido e você olha para trás pensando no que fez, no que poderia ter feito, no que poderia ter mudado ou no que poderia ter deixado como estava. São tantos "ias"...
Quando você quer mudar algo mas não pode porque o tempo não volta atrás só porque você quer consertar algo.
Quando você ainda tem sonhos. Ainda, assim como a criança que já foi um dia, que sonhava em ser um milhão de coisas quando crescesse.
Mas quando realmente se cresce os sonhos não voam tão alto como você gostaria, como eles faziam.
E o único culpado é aquele que te encara no espelho.
Seus olhos continuam encarando de volta, esperando algum movimento daquele do outro lado. O outro não faz nada. Você também não faz nada. 
Você não fez nada.
Mas sabe que ainda tem tempo quando percebe que envelheceu.
Um velho que não fez totalmente o que queria, o que gostaria,o que desejaria. São tantos "ias"...
Fica difícil aguentar, fica difícil ser o que não é. 
Difícil ver que não é isso o que esperava. Difícil sentir que a vida escorre pelas mãos e aceitar que não irá voltar.
Você precisa de mais. Mais sonhos, mais fé, precisa de alguém, porque crescer sozinho é um desperdício.
Precisa,  porque um dia desses você estará nascido e crescido, e tudo isso vem, sem nenhum aviso.

posts relacionados

0 comentários

Hey, seja muito bem-vindo(a)! Fique à vontade para comentar e obrigada pela visita.
Abraços!!
@quaseoutono