#Resenha: Perdas e Danos - Josephine Hart

por - 15.10.15

Título: Perdas e Danos - 2007
Original: Damage, 1991
Autora: Josephine Hart
Editora: Record
Páginas: 206
Livro no skoob

Sinopse: "Um caso de amor compulsivo entre um médico bem sucedido, de promissora carreira política, casado com uma bela mulher, e a noiva do seu filho mais velho, Martyn. Atraente e misteriosa, Anna Barton desperta uma paixão doentia no pai de Martyn. A obsessão irá transformar, o que inicialmente era uma relação proibida, em algo destrutivo e de consequências irreversíveis."


Gente, como assim não poste na segunda? Erro meu! Desculpas! Mas cá estou eu nessa quinta-feira (mais conhecida como pré sexta) com a resenha de um livro que estava na minha tbr há meses e consegui terminar em menos de uma semana: Perdas e Danos.
O livro tem pouco mais de 200 páginas mas, como o tamanho é pequeno, edição de bolso, facilitou a leitura.
O que me atraiu para querer ter/ler o livro, foi a história do caso entre um médico e sua nora, e como isso ia acontecer, como seria o desenrolar das traições e tudo mais.

O livro conta a história de Stephen Flemming, um médico e político bem sucedido, casado e pai de dois filhos. Resumindo, um homem realizado e com motivos de sobra para ser, e estar, feliz. Certo? Errado.
Stephen não está completamente feliz e realizado, ele precisa de mais. E é nos primeiros capítulos que conhecemos Anna Barton, uma mulher que desperta em si uma paixão fora do controle, rapidamente e repentinamente. 
E Stephen percebe que era isso que precisava tão desesperadamente. Ela foi como um sopro de vida em si, o fazendo acordar da vida que levava. Anna era o que faltava para começar a viver, realmente viver.

"Uma calma silenciosa pareceu se apoderar de mim. Dei um profundo suspiro, como se tivesse acabado, repentinamente, de me despir de uma pele. Senti-me velho e satisfeito. O choque do reconhecimento tinha passado através do meu corpo como a corrente de uma violenta descarga elétrica. Apenas por um momento eu encontrara alguém da minha espécie, um outro membro da minha raça. [..] Eu me sentira em casa."
Página 31

Anna, com todo seu mistério e jeito atraente de ser, tem em seu passado uma grande dor e não gosta que a façam perguntas, e ama a liberdade mais que tudo. Martyn, o tolo Martyn, a proporciona isso, e  como ela não poderia deixar passar um cara assim, vai e aceita o pedido de casamento.


Logo o casal marca encontros, e dão início a relação, não se importando quem irão machucar. Como se nada mais que os dois existissem, e dane-se o mundo.
O que no começo parecia ser apenas encontrinhos, se torna algo obsessivo e destrutivo.
Toda a história, é, sem dúvidas, trágica, envolvente e perturbadora (palavras que definem cem por cento o livro).
Apesar de alguns avisos, Stephen não quer se distanciar de Anna e faz de sua vida com sua esposa, Ingrid, um segundo plano, com uma relação fria e monótona, enquanto dirige suas atenções para a noiva de seu filho.
E Anna, em todo esse triângulo amoroso, é a menos afetada, permanecendo impassível e tranquila.


"Existem pessoas  neste mundo, inocentes à sua maneira, que causam danos. 
Anna é uma delas."
Página 141.

Perdas e Danos é uma obra que faz com que o leitor se envolva e se surpreenda com personagens intensos e verdadeiros. Nos mostra o começo e fim de uma relação que tinha pouco -quase nada- para dar certo.
Uma história bem construída, que conseguiu mostrar a trajetória de um homem em sua busca para sentir-se vivo, mesmo que para isso, pelo caminho, tenha causado dor e sofrimento nas pessoas que mais o amou.

"Você precisava de dor. E era pela minha dor que ansiava, faminto, No entanto, embora você não acredite, sua fome está completamente saciada. Lembre-se de que agora possui sua própria dor."
Pág. 39

Gostei bastante de ler Perdas e Danos. Um livro que me fez perceber que casos assim acontecem e famílias são destruídas por bem pouco. Recomendo, e muito, a leitura.
Perdas e Danos foi o livro que deu origem ao filme britânico lançado em 1992 dirigido por Louis Malle. E que filme!

Compre a obra na loja Amazon ^^

Leu? Não leu? Quer ler? Comenta aí!
E não esqueça de seguir o Quase Outono :)
Beijos e até mais!

posts relacionados

4 comentários

  1. Nossa que livro massa, top de linha.
    Quero muito ler. Tomara que eu encontre pra baixar.
    Amei seu blog, e achei o nome mega criativo <3
    Beijo
    www.livricios.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Hey!!
      Obrigada Poliana <3 pra pensar nesse nome deu trabalho! kkkk
      Espero que goste do livro!
      Beijooos!

      Excluir
  2. Oi, adorei a resenha, você escreve muito bem! Nunca havia ouvido falar sobre o livro, mas adorei ele e parece ser muito bom, adorei as fotos do post.
    Beijos e fique com Deus.
    www.ancoradepapel.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Hey Vinícius! Seja muito bem-vindo por aqui, e muito obrigada!
      Leia, você não vai se arrepender :))
      Um beijo!

      Excluir

Hey, seja muito bem-vindo(a)! Fique à vontade para comentar e obrigada pela visita.
Abraços!!
@quaseoutono