Resenha: Como Identificar um Psicopata - Kerry Daynes e Jessica Fellowes

por - 23.12.15

Ano: 2012
Páginas: 238
Editora: Cultrix
Sinopse: "Ao contrário do que se pode pensar, reconhecer um psicopata não é uma tarefa fácil. Nem todas as pessoas que sofrem deste transtorno mental são assassinos compulsivos ou criminosos. Alguns, aparentemente, são pessoas comuns que podem estar mais perto do que se imagina. Portanto, como saber se o ‘perigo’ mora ao lado? Em Como Identificar um Psicopata, lançamento da Editora Cultrix, a psicóloga forense Kerry Daynes explica como funciona a mente de um psicopata e ainda revela os traços de comportamento que os vários tipos têm em comum. Por meio de estudos de casos, a autora mostra como os psicopatas se comportam em diferentes papéis e ambientes, e quais são as melhores maneiras de se defender. Além disso, Kerry ajuda os leitores a descobrirem se algum parente ou pessoa próxima pode estar sofrendo deste mal. A obra também traz diferentes estudos e pesquisas sobre os seres humanos que sofrem desta “doença da mente”. A American Psychiatric Association (Associação Americana de Psiquiatria) calcula que aproximadamente 3% dos homens e 1% das mulheres na população em geral sejam psicopatas. Como Identificar um Psicopata também oferece diversos testes sobre comportamentos, entre eles: ‘Até que Ponto Você é Psicopata?’. Uma obra única e reveladora para que o leitor possa praticar o que aprendeu com os casos relatados em cada capítulo do livro."



Em Como Identificar um Psicopata, a psicóloga forense Kerry Daynes nos ajuda a identificar, conhecer atitudes e relacionamentos de pessoas que representam perigo para si e para aquelas que estão a sua volta: os psicopatas.

Para começo de conversa, um psicopata não é demente, ele tem consciência de seus atos, agindo com total indiferença, frieza, e maldade, em relação aos outros. Suas atitudes revelam deficiências nos aspectos emocionais, que nos identificam como seres humanos.
Atualmente existe uma escala que mede o grau em que uma pessoa demonstra qualidades fundamentais de um psicopata, é o padrão internacional PCL-R (Psychopathy Checklist Revised) criada em 1991. Alguns dos itens dessa escala são: delinquência juvenil, ausência de metas realistas, versatilidade criminal e vários relacionamentos conjugais de curta duração.
"O psicopata tem uma vida pouco estável e, por causa das constantes brigas e rixas com as pessoas que convivem com ele, pode sentir-se "azarado" e perseguido. Os psicopatas também sabotam a si próprios, qualquer equilíbrio alcançado será rapidamente rompido. Incapaz de se adaptar às normas sociais, um psicopata razoavelmente perceptivo pode se sentir "diferente" e injustamente colocado de lado pelos que o rodeiam."
Página 232
No livro, a psicóloga explica como funciona a mente de um psicopata e ainda revela os traços de comportamento que os vários tipos têm em comum, trazendo várias situações reais em que eles agem. É muito útil, já que te ajuda a identificar se algum amigo/parente/namorado sofre desse mal.

Quem  não conhece Theodore Robert Cowell (o serial killer mais conhecido como Ted Bundy), Tracie Andrews (a namorada que foi capaz de fazer apelos emocionados para que capturassem o assassino de seu noivo, a polícia chegou a interrogar mais de 600 pessoas, sem saber que, na verdade, a pessoa que havia feito Lee Harvey sangrar até a morte era a própria Tracie) e Nick Leeson (o homem que conseguiu quebrar um banco!).
Esses e mais outros psicopatas dão as caras no livro, sendo apresentados como exemplos. Li seus relatos e como foi fácil, para eles, manipularem aqueles que os rodeavam.
É um livro de psicologia de fácil entendimento, que, por meio de estudos, ajuda a identificar pessoas com a "mente doente". 
"Eu havia marcado um encontro com um rapaz - com quem acabara de conversar em uma sala de bate-papo pela internet, numa cafeteria. Quando cheguei, vi outras quatro moças, cada uma em uma mesa, todas esperando por ele. Ele chegou com cinco flores na mão e entregou uma para cada uma de nós"
Página 13
É necessário muitos post-its e idas ao google para conhecer as pessoas citadas no decorrer do livro, que atraem muita curiosidade.
Interessante e com muitos fatos reais, sua leitura é essencial se quisermos aprender a lidar com psicopatas, que existem em todo lugar, e que até podem estar mais perto do que se pode imaginar.


posts relacionados

2 comentários

  1. Olá!
    Que livro curioso! Achei a premissa interessante, até por não termos muitas informações sobre o assunto.

    http://whoisllara.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O livro é muito bom, traz pesquisas, histórias e casos sobre a psicopatia. Já pretendo ler outros sobre esse assunto.
      Beijo!

      Excluir

Hey, seja muito bem-vindo(a)! Fique à vontade para comentar e obrigada pela visita.
Abraços!!
@quaseoutono