Resenha: Tempest - Julie Cross

por - 28.12.15

     Autora: Julie Cross
Editora: Jangada
Páginas: 368
Ano: 2012
Adicione ao Skoob.
Sinopse: “Em 2009, o jovem Jackson Meyer descobre que pode viajar no tempo. Durante os seus “saltos” para o passado, nada muda no presente. Isso era apenas uma diversão inofensiva, até que sua namorada Holly morre durante uma invasão à sua casa. Em pânico, ele consegue voltar dois anos, mas descobre que ficou preso no tempo. Desesperado para voltar e salvar Holly, Jackson resolve tocar sua vida em 2007 e tentar descobrir o que puder sobre suas habilidades. Não muito tempo depois, as pessoas que atiraram em Holly, membros de um grupo apelidado pela CIA de “Inimigos do Tempo”, vêm a sua procura para recrutá-lo ou matá-lo. Com tudo isso acontecendo e Jackson ainda tentando encontrar pistas sobre as origens de sua família para descobrir mais sobre suas habilidades, ele precisa decidir até onde está disposto a ir para salvar Holly e possivelmente, o mundo inteiro.”


POR QUE NÃO LI ANTES ESSE LIVRO?! Essa é a pergunta que fiz depois que terminei.
O livro é completamente incrível e com um enredo novo, apesar de já ouvirmos falar sobre viagens no tempo.


 "Embora minhas pequenas excursões ao passado não mudem nada na minha base principal, elas me dão algumas vantagens, como informações extras. Por isso, a meu ver, teoricamente, a viagem no tempo na verdade causa, sim mudanças. Ela causa mudanças em mim." Página 18

Tempest conta a história de Jackson Meyer, um cara de 19 anos que descobre ser capaz de viajar no tempo. Durante suas idas e vindas nada muda, no passado ou futuro.
Até que, em pânico por ver estranhos em seu dormitório e sua namorada levar um tiro, ele salta para 2007, não conseguindo mais voltar para o futuro. Desesperado, Jackson não vê alternativa senão tocar sua vida dois anos antes de onde deveria estar.

Jackson tenta descobrir o que aconteceu e como voltar para sua base principal, o ano de 2009. E é em 2007 que consegue dar vários saltos para o passado, conhecendo quem seu pai realmente é, quem são os Inimigos do Tempo e o que a CIA tem a ver com tudo isso.
Jackson encontra seu amigo, Adam, que em 2009 o ajudava em seus saltos, para tentar achar um jeito de voltar (ou no caso ir) para o futuro.

"Meu pai nunca me pareceu o tipo de homem que trabalhava para o governo, mas ele não costumava falar muito do passado recente. Eu achava que era por causa de Courtney. Muitas vezes achei que ele preferia que eu tivesse morrido em vez dela."
Página 84

Na história conhecemos Courtney, irmã gêmea de Jackson, que pouco aparece mas os capítulos com ela são emocionantes (e de partir o coração).

"Foi por isso que ela aguentou mais duas horas da primeira vez. Estava esperando por nós. Por alguém. Eu apertei a mão dela mais forte e senti as lágrimas duas vezes mais rápidas."

Página 258

Não demora muito para os Inimigos do Tempo irem à procura de Jackson, onde tentam recrutá-lo. Já a CIA, que é responsável pelo monitoramento dos viajantes no tempo, precisa da ajuda de Jackson para salvar o mundo e, para que ele salve Holly.
Mas em quem confiar? Em qual verdade ele deveria acreditar, em qual passado?
Pois para qualquer lugar onde Jackson olhar, existe um futuro muito perigoso.

Todos os personagens são bem construídos e complexos a sua maneira.
Cativa e emociona, o que me fez não desgrudar do livro depois do primeiro capítulo.
Tempest é um livro young adult (literatura para jovens adultos) viciante, daqueles que não se pode deixar de conhecer. É o primeiro de uma trilogia, que continua em Vortex e Timestorm.
Com suspense e romance, Julie Cross nos leva a uma viagem no tempo, nos fazendo conhecer uma história original e emocionante.

Ah, e os direitos de filmagem foram adquiridos pela Summit Entertainment, que promete fazer de Tempest uma revolução em termos de filmes com temática voltada à viagem no tempo. :)

Vocês já leram? Contem aqui o que acharam dessa história, eu mal posso esperar para ler a continuação.
Beijo e até mais :)



posts relacionados

0 comentários

Hey, seja muito bem-vindo(a)! Fique à vontade para comentar e obrigada pela visita.
Abraços!!
@quaseoutono