#Texto Você não esperava.

by - 14:56

Você não esperava.
Você não esperava que as dez da manhã o ônibus fosse atrasar. Mas atrasou.
Não esperava ter um dia agitado, pegar um caminho diferente, chegar muito cedo a faculdade.
Não esperava quase ser atropelada por um carro que passou no sinal vermelho, enquanto tentava chegar ao café e pedir um cappuccino.
Não esperava que seus olhos encontrassem os dele... ou foi ao contrário? 
Castanhos escuros em verdes. Verdes em castanhos escuros.

E, dois anos depois, vocês tomavam café juntos. Era engraçado quando um cliente entrava e perguntava qual era a estação mais próxima do metrô, em inglês, e ele se enrolava na tentativa de se desvencilhar do balcão para apontar em qual rua o gringo deveria entrar. 
Brigavam quando ele dizia que não queria nada mais do que já tinha: um café herdado pelo pai, que era do pai do pai de seu avô. Você queria mais, mas o mais longe que ele conseguiu ir foi na loja de tatuagens, onde ambos marcaram o braço direito com um pequeno símbolo, que para muitos parecia insignificante. Na verdade, até era.

Não esperava ele ter contratado um ajudante e ter tirado cinco dias de folga, arrumado as malas e te mandar um sms, “estou chegando”.
Você esperava que ele fosse chegar. Bem, isso não aconteceu.

Você não esperava chorar todas as noites, mas é exatamente isso que acontece, noite após noite, mês após mês.
Você ainda olha pela janela, na esperança de que, um dia, ele chame seu nome.
Você não esperava que sua ausência fosse gritante em meio ao silêncio cortante.
Não esperava.
Você já não mais espera.

texto inspirado nessa versão maravilhosa


veja também:

2 comentários

  1. Que incrível, de verdade! Acho tão incrível a facilidade das pessoas em transformarem músicas em texto, talvez um dia eu consiga fazer isso, quem sabe, HAHA!

    Âncora de Papel | @viniguerraf

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Heyyy! Que bom que gostou <3
      E espero que consiga, escolha uma música favorita e deixe a imaginação rolar!

      Excluir

Hey, seja muito bem-vindo(a)! Fique à vontade para comentar e obrigada pela visita.
Abraços!!
@quaseoutono