[Desafio Literário] Um livro escrito por uma mulher - Brokeback Mountain, Annie Proulx

by - 23:44

“Eles respeitavam a opinião um do outro, felizes de ter um companheiro onde não esperavam encontrar nenhum.”
página 17

O Segredo de Brokeback Mountain - Annie Proulx
(Brokeback Mountain, 1997)
ISBN-13: 9788598078083 - ISBN-10: 8598078085
Ano: 2006 Páginas: 72 Editora: Intrínseca
Sinopse: “Annie Proulx escreveu um dos contos mais originais e inteligentes da literatura contemporânea, e, para muitos leitores e críticos, O Segredo de Brokeback Mountain é sua obra-prima. Ennis del Mar e Jack Twist, dois peões de fazenda, se encontram num verão quando estão trabalhando como ovelheiro e coordenador num pasto acima da alameda. A princípio, dividindo uma barraca isolada, a atração é natural, inevitável, mas algo mais profundo os arrebata naquele verão. Ambos dão duro, se casam e têm filhos, porque é isso que os vaqueiros fazem. Mas, ao longo de muitos anos e de frequentes separações, essa relação se torna a coisa mais importante de suas vidas, e eles fazem tudo que podem para preservá-la. Numa linguagem deslumbrante que nos fica na cabeça, Proulx conta a difícil e perigosa relação entre dois vaqueiros, que sobrevive a tudo, menos à intolerância violenta do mundo.”

Hey pessoas! Continuando o Desafio Literário, riscando mais um livro da lista, bora conhecer uma das minhas histórias favoritas:

O Segredo de Brokeback Mountain tem início em 1963, Wyoming, quando a vida de dois homens, criados em pequenas fazendas, lados opostos do estado, se cruzam: Jack Twist em Lightning Flat, fronteira de Montana, e Ennis del Mar em Sage, fronteira de Utah. Ambos se veem trabalhando juntos após se inscreverem numa agência de empregos, um como ovelheiro, e outro como coordenador de pasto, durante o verão, na montanha Brokeback.
Dia vai noite vem, os rapazes acabam ficando juntos, e o que parecia algo de momento, para eles perduraria por um bom tempo.
E mesmo depois de se reencontrarem, após quatro anos, com Ennis já casado com Alma, e tendo duas filhas, e Jack com uma esposa no Texas, Lureen, parecia que nenhum dia havia passado desde os acontecimentos na montanha. Era nítido o quão grande era a saudade e paixão. Logo os dois começaram a se ver.

“— Naquele verão — disse Ennis. — Quando nos separamos depois que nos pagaram, tive umas cólicas tão fortes que parei no acostamento e tentei vomitar, achei que tinha comido alguma coisa estragada naquele lugar em Dubois. Levei mais ou menos um ano para entender que não devia ter perdido você de vista. Aí já era tarde demais.”
página 34

Jack e Ennis se uniam de vez em quando, poucas vezes em doze meses, raramente ao longo de quase vinte anos. A relação de ambos era triste e perigosa, já que naquela época, como lembra Ennis, homens eram mortos por estarem juntos.

“Jack, não quero ser como esses caras que às vezes a gente vê por aí. E não quero morrer. Tinha aqueles dois velhos que moravam juntos lá na minha terra, Earl e Rich. Papai fazia um comentário quando via os dois. Eles eram uma piada apesar de serem velhos bem durões. Eu tinha uns nove anos quando encontraram Earl morto numa vala.”
página 37

Enquanto Ennis não queria de jeito algum assumir uma relação assim, já que para ele isso acabaria em tragédia, Jack sonhava com isso, uma pequena fazenda para os dois viverem, sem pessoas que os impedissem de estarem juntos, como esposas e filhos.


O livro foi publicado pela editora Intrínseca, em capa dura, a capa do filme. E não tem rodeios na hora de nos mostrar a relação de Ennis e Jack, e como não tiveram a chance de viverem juntos, fazendo com que sofressem anos e anos por isso.
Eu amei o conto, mesmo com seu final inesperado, e a minha pequena frustração está nisso: a história ser um conto. Queria ler mais sobre a vida dos dois, conhecer pontos de vista de Alma, Lureen, e todos os outros personagens secundários. E não vou esconder que me dei melhor com o filme de 2005, me senti próxima dos personagens (e a história foi dirigida pelo incrível Ang Lee, como não amar?), e foi muito fiel ao livro, então não deixem de assistir. Tem Heath Ledger, como Ennis del Mar e Jake Gyllenhaal, como Jack Twist, e uma trilha sonora maravilhosa.
Se curtem um romance/drama/histórias que deixam um vazio no final e que nos deixam desolados, esse livro é uma boa escolha.

Sobre a autora: “Edna Annie Proulx (Norwich, Connecticut, 22 de agosto de 1935) é uma escritora e jornalista norte-americana, de origem franco-canadense. Ganhadora do prêmio Pulitzer, de um Nacional Book Award, do Internacional Fiction Prize do Irish Times, de dois prêmios O. Henry, mora em Wyoming e na Terra Nova.”

Prometi a mim mesma que sairia post hoje, antes da 23:59, parece que consegui, haha
E já estou preparando um post com as músicas do filme 💙
Até o próximo post (amanhã com indicações de filmes pra lá de bons) 📖

veja também:

0 comentários

Hey, seja muito bem-vindo(a)! Fique à vontade para comentar e obrigada pela visita.
Abraços!!
@quaseoutono